Drive Pilot. Como funciona o sistema de condução autónoma da Mercedes?

Drive Pilot. Como funciona o sistema de condução autónoma da Mercedes?

 

Está disponível como opção para os modelos Classe S e EQS no mercado alemão desde maio deste ano.

Em maio deste ano, a Mercedes-Benz lançou para os modelos Classe S e EQS o sistema de condução autónoma Drive Pilot, o primeiro sistema mundial de nível 3 certificado internacionalmente.

Baseado numa arquitetura de sistema que permite o controlo em segurança de todas as situações que possivelmente possam surgir, o Drive Pilot faz uso do sistema de travagem, da direção, da alimentação de energia e de alguns componentes do sistema de sensores. Isto inclui o reconhecimento da zona envolvente e o manuseamento.

A bateria, o motor elétrico da direção, os sensores de velocidade das rodas e os algoritmos utilizados pelo sistema para o cálculo dos dados são igualmente duplicados. Alguns aspetos do sistema de sensores são também funcionalmente redundantes porque os seus conceitos físicos diferentes são mutuamente comprovativos, garantindo sempre a segurança. Isto engloba principalmente os sensores de radar, as câmaras e um sensor LiDAR. No entanto, os sensores de ultrassons, de humidade e os microfones também são importantes para este sistema de condução autónoma. Fazendo as contas, segundo a Mercedes-Benz, são mais de 30 sensores aqueles que asseguram o funcionamento fiável do Drive Pilot.

Quando o condutor ativa o sistema, este controla a velocidade, a distância, e mantém o veículo na sua faixa de rodagem. Em certas condições e em troços apropriados das autoestradas alemãs, os condutores podem transferir a tarefa de condução para o sistema, em situações de trânsito intenso ou congestionado em que a velocidade de circulação seja igual ou inferior a 60 km/h.

Caso exista algum erro ou avaria num dos sistemas principais, o Drive Pilot está preparado para reconhecer a situação e facilitar uma transferência segura do controlo para o condutor. Se isso não for possível, aquilo que o Drive Pilot faz é iniciar uma manobra de paragem de emergência em segurança.

Para quando a adoção deste sistema nos modelos portugueses? Temos de aguardar por uma resposta da Mercedes-Benz.